terça-feira, 5 de maio de 2009

Lygia Fagundes Telles

A Cia das Letras começou a relançar toda a obra de Lygia Fagundes Telles, 86 anos, grande dama da literatura brasileira. Capas novas, ilustradas pela artista plástica Beatriz Milhazes, que está bombando no exterior, com exposição até 21 de junho na Fundação Cartier, em Paris. Texto revisto pela autora, que se não chegou a mudar palavras ou frases, ajustou uma vírgula aqui, um ponto e vírgula ali, um parágrafo acolá.

Mas há 10 anos a Rocco, antiga editora da Lygia, já havia relançado a obra completa, que tenho em minha estante. De modo que comecei a ler os que não havia lido.

Comecei por Antes do baile verde, livro de contos escritos entre 1949 e 1969, cuja tradução para o francês ganhou o Prêmio Internacional Feminino para estrangeiros em Cannes (1969), concorrendo com obras de 21 países.

Que boa escolha! Cada conto é uma aula: tem estilo próprio de narrativa e segue em um crescendo para nos surpreender no final. Uma espetada com ponta de faca, um fôlego preso que se solta de repente. Que escrita elegante, fluente e incisiva!

Quem quiser se aprimorar nas artes da escrita, aproveite a oportunidade da reedição para ler Lygia Fagundes Telles. Vamos celebrar a vida desta dama enquanto a temos por perto, porque há cerca de dois anos perdeu o filho único e isso a baqueou muito. Mas é forte e tem o trabalho como fonte de nutrição e apoio.

Viva a Lygia!

10 comentários:

Claudia Pimenta disse...

oi valéria! ah, ela é maravilhosa! que mulher, que escritora! bjs, querida!

Babi Mello disse...

Não li ainda nenhuma de suas obras, qualquer hora dou uma espiada em alguma.
bj!

Heloísa disse...

Valéria,
Viva Lygia !
Ela é, mesmo, a grande dama da literatura brasileira ( e como é bonita!).
Estou sentindo sua falta no meu blog. Apareça.
Beijos

Pablo Lima disse...

a "entrelivros", enquanto sobrevivvia, lançou um dossiê pra lá de especial sobre a lígia! vale o registro!

Lauren disse...

Sim, Viva a Lygia!
É tão bom saber que temos grandes exemplos sem ser mto distante!
Adoro seus comentários!!
bjokassssssss

Halime disse...

as capas novas estão lindíssimas! valeu pela dica. beijos

Romeu disse...

Amigo é aquele que o tempo não apaga,
a distância não separa e a maldade não destroi,
amigo é um ser diferente é aquele que está sempre presente
quando a solidão nos doí.
um abraço
Romeu

Pâmela disse...

Nossa, que legal!
Vou ver se compro alguns também!
Ela é mesmo ótima, né? Acho que vou até começar com o que você indicou...
Beijos!

Andréa disse...

lygia é simplesmente a grande dama da nossas letras. mulher fantástica, absolutamente sedutora com as palavras. elegante, um ídolo!!

Ana Carolina disse...

Adoro os livros dela. Com capa da Milhazes então...que bacana!

beijos, querida!