quarta-feira, 27 de maio de 2009

Les Voyages Extraordinaires de YSL

Tudo começa com um rosto de mulher. Daí partem linhas, curvas, cores. Nunca sei onde vou chegar. Não existe um ponto de partida e outro de chegada. Eu simplesmente deixo fluir...
(...)
Esse jorrar de pensamentos me encanta e me intriga. Mas ao final do processo eu me sinto muito feliz. (Sorriso)
(...)
Às vezes funciona, às vezes não. Quanto não funciona, eu largo o papel e o lápis e vou fazer outra coisa. Volto mais tarde e começo novamente.


Entrei na sala de vídeo na hora em que Yves Saint Laurent, pensativo, narrava a sua maneira de criar. A festa corria solta lá fora – modelos e ex-modelos, socialites, artistas, fotógrafos, personalidades do mundo fashion desfilavam entre os 50 manequins vestidos com roupas desenhadas pelo mestre, inspiradas nas culturas do Japão, Rússia, Índia, África, Marrocos, Espanha. As peças fazem parte da exposição Les Voyages Extraordinaires, inaugurada segunda-feira à noite no Centro Cultural Banco do Brasil do Rio de Janeiro.

Mas dentro da sala de vídeo, um grupo de umas 20 pessoas escutava em silêncio, imóveis, o próprio Saint-Laurent contando como era a experiência de esvaziar-se para se transformar em um canal da Energia Criadora. Ao criar, ele abre mão de ser YSL e se torna instrumento de algo maior sobre o qual não tem controle. Que coisa linda! Que coisa rara! É isso que diferencia um gênio de um artista comum.

Me faz lembrar o escritor João Gilberto Noll, que tanto admiro. Ele começa a escrever sem saber onde vai chegar, onde vai parar. Em certo momento, quando já avançou bastante, pára, volta atrás, relê e descobre onde começa a verdadeira história. Ele simplesmente apaga tudo até esse ponto, e continua a partir daí.

Vamos aprender com eles? Tentar? Treinar? Esvaziar-se e perder o controle não é fácil, mas pode ser um exercício para a vida inteira.

Para terminar, mais uma fala maravilhosa: “A melhor vestimenta que uma mulher pode ter são os braços do seu amado. Para as que não têm, eu crio os meus vestidos”. Yves Saint-Laurent (Argélia, 1936-2008)




17 comentários:

Paloma Flores disse...

Ele era mesmo um gênio!
Deve ser uma exposição fantástica! Vou tentar ir vê-la a tempo...

Acredito que todos temos capacidade para ser gênios. Só que não é todo mundo que desenvolve isso ou que tem a oportunidade de desenvolver...

Lisa Nunes disse...

Valéria,
Sou fã de carteirinha de Yves Saint-Laurent, não só por seu talento nato de criação, por sua sensibilidade e sua forma de pensar, sempre homenagiando as mulheres com suas peças unicas, cheias de charme e graça. Ele foi um gênio, hoje um mito, servindo de inspiração pra muita gente que está gatinhando neste universo gigante que é o mundo da moda.
Um grande abraço pra Você

Claudia Pimenta disse...

oi valéria! a expo está linda mesmo! ver - e ouvir! - um gênio como o ysl é sempre um privilégio!
bjs, querida!!!

Mônica Angeleas disse...

Olá Valeria, navegando pelos blogs cheguei no seu. Super legal seus posts. Já estava com vontade de ir ao CCBB ver a exposição e agora mais ainda. Parabéns!

Depois passa no blog que tenho com algumas amigas. Escrevemos sobre variedades.

Abçs.

http://inteirativa.blogspot.com/

Pablo Lima disse...

ih, nao sei! belíssima a última frase, mas possivelmente nao verdadeira...

Carla Mühlhaus disse...

Sei bem o que é começar uma coisa e não saber onde ela vai parar... pena que não chego nem aos pés do YSL! Isso não é só coisa de gênio, também é coisa de gente perdida, mesmo rs rs...
Fiquei louca para ver a exposição!
bjs

Rafael Velasquez disse...

fui ontem ver. o professor falcatrua não deu aula, fiquei com tempo livre.

não compreendo nada de moda. e para mim é difícil dizer se moda é arte assim como uma escultura ou um quadro são (dependendo de qual escultura e qual quadro). achei algumas coisas interessantes. reconheci algumas inspirações devido aos meus estudos culturais. ainda sim, repito, é difícil entender isso que chamam de moda.

beijo.

Halime disse...

A-D-O-R-E-I a última frase, maravilhosa e mto sincera. Já li algumas matérias a respeito do Yves e ele é mesmo um gênio. Vou copiar a frase no meu blog, tá? Bjs!!

Mônica disse...

Eu admiro as mulheres que sabem vestir. Saint laurent é um genio. Mas mamae também é uma grande admiradora da alta costura. E tem 78 anos.
Eu não.Mas o importante é encontrarmos no nosso gosto e no sosso jeito de ser a maneira de ser elegante.
Com amor Monica

Mônica disse...

Valéria
Acabei de chegar de araxá.
Voce já foi no Grande Hotel? E lindo. vale a pena!
Com carinho Monica

Paloma Flores disse...

(Sim, por isso o bom humor do outro post. Já lidei com o problema. To bem melhor agora, obrigada por perguntar.)
=)

Adriana Calábria disse...

Eu já havia lido essa última frase do post. E ela é de uma extrema delicadeza.

Quanto ao post lá no blog. Aquela estória foi uma das maiores lições de amor que ja presenciei na vida. Há tempos que queria escrever sobre ela.

Bjssss

Babi Mello disse...

Caraca Valéria que frase espetacular. E felizes daqueles que ao entrar em processo de criação conseguem sair de seus corpos e transpirar.
Bjocas!

RENATA RICARTE disse...

Olá Valéria, YSL foi e sempre será espetacular. A frase é MARAVILHOSA e VERDADEIRA.
Adorei seu post.
Quanto ao meu programa na rádio. Tenho um programa dedicado as mulheres, que fala de relacionamentos, auto estima, saúde entre outros assuntos.
A rádio ainda só alcança minha região, muito em preve estará na internet.
Aqui em minha região já estou levando a fama de "Mulher que está colocando as outras mulheres bravas e difíceis."
Estou adorando este rótulo, pois, é sinal que meu programa esta dando frutos. As mulheres que me ouvem estão mais auto-confiantes, seguras de si e com a auto estima e alta.
Este é meu objetivo.
Beijos
Um ótio final de semana

Dione disse...

Adorei a última frase! Mas... Posso ficar com os dis? Com os abraços do companheiro e as roas dele?? Muito mais que elegância, né?

Muitos beijinhos e um ótimo findi!

Mônica disse...

Valéria
Só passei para dizer olá.
Com carinho Monica

Marisa Pimenta disse...

Oi Valéria, tb gostei mto da exposição e do vídeo. mas, sinceramente esperava mais. Porém os modelos q vieram são lindíssimos. Amei o desfile final no vídeo, onde ele já estava bem doente. Linda homenagem.
Não sei se já te mandei o endereço do meu Site ww.marisarte.com.br feito pela filha Tânia do Blogando arte. Apareça p ver como ficou. Bjks e bom fim de semana