quinta-feira, 13 de maio de 2010

Três coisas

Uma forma de começar a caminhada em direção à saúde é simples: lembrar-se todos os dias de fazer três coisas que te façam bem.

Terminei assim a redação de um texto para uma cliente, psicoterapeuta, e ao ler para ela fui corrigida.

- Está errado. Não é simples.

- Hã?

- É isso mesmo que vc ouviu: fazer três coisas que nos dêem prazer todos os dias não é simples. Muita gente não consegue.

Caramba!... Fui para casa pensando e constatei que os dias passam tão rápido, tão cheios de tarefas, tanta a correria, que encontrar esses espaços é mesmo difícil.

No encontro seguinte, voltei ao assunto. Falei que nem eu estava conseguindo encontrar tempo para as três coisas. E ela:

- Não estou falando de ir ao cinema no meio da tarde, mas, sim, pequenas coisas como tomar um sorvete, levar seu cachorro para passear, molhar suas plantinhas pela manhã. Uma pausa para se conectar.

Ah!...

Corrigi o fim do texto e ficou assim:

Uma forma de começar a caminhada em direção à saúde é, por exemplo, lembrar-se todos os dias de fazer três coisas que te façam bem. Por incrível que pareça, não é fácil.

E vocês, quais são as três coisas que lhes dão prazer? Conseguem fazer algumas delas todos os dias?


16 comentários:

Heloísa disse...

Valéria,
É verdade. Parece tão simples, parece tão pouco ...
Pensando bem, na verdade é.
Nós é que não conseguimos, diariamente, encontrar espaço para essas três coisas.
Beijos.

Babi Mello disse...

Engraçado Valéria, ontem postei no twitter "Faças o que te faz feliz" de minha autoria mesmo essa frase e sabe fazer três coisas diárias que te faça feliz é complicado, e de fato nem sei ao certo quais seriam essas três coisas.
O bom de ter lido é o prazer de que posso fazer esse exercicio e concentrar os meus esforços para me dedicar ao que poderia me fazer feliz.
Obrigado

naoimportamesmo disse...

ao mesmo tempo não dá para fazer as três cosisas. e se fizer uma de cada vez, pode? rs

Luciana Zanelli disse...

Oi Vavá,parar para pensar nisso já é um bom começo,né? E visitar seu blog e ler seus textos já é um "item" a menos na minha lista!! bjs!!!

Ana Cristina Melo disse...

Tive que pensar, mas encontrei algumas coisas simples que me deixam muito feliz.

A primeira é dormir agarradinha com a minha filha de 5 anos. O dia pode ter sido complicado, mas aproveito que ela não consegue ir dormir sozinha, para ficar bem agarradinha, até ela pegar no sono.

A segunda é sempre ler um pouquinho. Nem que seja em pé, dentro do metrô. rsrs

A terceira que só acontece de vez em quando (pois traz muita culpa. rsrs) é, na volta do almoço, parar na banca de jornal aqui embaixo e me dar um sorvete de presente. rsrs

Beijos

Gerana Damulakis disse...

Que bom que faço:admirar minha filha (só o fato dela existir é um prazer sem par e, como sou do tipo que usufrui disso, lembro disso o tempo todo, então é um prazer consciente e diário), encher o rosto de beijinhos do meu escritor Aramis (meu escritor, meu amor) e ler.
Tem mais: como chocolate todos os dias (adoro) e sem culpa (sou magra).

figbatera disse...

Pra mim, felizmente, não é tão difícil fazer, pelo menos, algumas dessas coisas que me façam bem e me dêem prazer.
Por exemplo, caminho todos os dias pela manhã; tiro um "cochilo" após o almoço;
ouço muita música durante a tarde;
brinco com meus tambores no início da noite;
...e outras "cositas más"...como ler os textos de um blog intitulado "A Pausa do Tempo".
Acho que já está bom, né? rs...

ps.:Valéria, mande-me seu e-mail, tá?
Respondi seu comentário lá no meu blog.

Mônica disse...

Valéria
Mas esta sua miga é muito exigente!
Eu faço todos os dias duas coisas que me deixam feliz: leio um pouquinho e fico por aqui se não prestar atenção o dia inteiro;
quero passar em todas as minhas amigas diariamente, mas nem sempre é como a gente deseja.
A terceira coisa fica para amanha.
Sabe que sua amiga está certa?

VOU AO RIO QUALQUER DIA DESTES.
ANTES TE ENVIO UM EMAIL. SERÁ QUE TENHO?
PARA A GENTE ENCONTRAR.
COM CARINHO MONICA
Perdemos a oportunidade de ver Leila Ferreira.Ela veio a BH , mas estava muito frio e não fomos lá.
Fiquei pesarosa!

Marliborges disse...

Olá Valéria,
É isso mesmo, não é fácil, parece que o tempo é curto. Mas será mesmo? Acho que não. Pensando bem, depende da gente ligar nossa percepção e focalizar esses acontecimentos. Aí a gente vai notando aos poucos, que no decorrer do dia tem muitas pequenas coisas que nos fazem felizes, mas como falei, a gente precisa se antenar. Veja: parar um pouquinho ler esse post e comentar, me faz muito feliz. "Afofar" meus netinhos, adoro. Tomar uns goles de coca-cola bem geladinha, hummm, me faz feliz. E por aí vai. É que a gente só pensa em grandes coisas. A culpa (alguém tem que levar a culpa, oras!) é da midia, hehe. Beijos amiga.

Ana Liese disse...

Olá Valéria! Acompanho seu blog e hoje sentí vontade de responder à sua pergunta, sobre três coisas boas que faço diariamente. Aí vai: 1a, meditar e/ou rezar. É o que me sustenta durante todo o dia. 2a, fazer pelo menos uma refeição com alguém da minha família, e, durante a mesma, rir. 3a, ler. Um trechinho do(s) livro(s) que estiver lendo, ou uma revista, ou jornal, ou blog; mas ler é indispensável.Obrigada. Abraços.

Neide disse...

Se consigo fazer pelo menos uma coisa que me deixa feliz por dia, já valeu...Adoro ler, pelo menos uma hora por dia,tomar um capuccino quentinho num dia frio, falar com minhas filhas que estão morando longe,andar nas ruas arborizadas do meu bairro....

Pra mim o dia tem várias pequenas coisas que nos deixam felizes, basta prestarmos um pouco mais atenção.

Adriana Karnal disse...

acho q faço pelo menos uma...prazer é substantivo incomum.

Fernandes disse...

Preciso pensar...
Filho,família,Bin(labrador) são incondicionais...Ler A Pausa do Tempo é um caso de amor...rs.Portanto são donos do meu sorriso fácil...

Continuo a pensar...
Tá difícil,pq na maioria das vezes estou no automático,salvo os finais de semana...
Mas entre o entretanto e finalmente ,consigo todos os dias Olhar e Ouvir o Mar (sem hora marcada).

Adrianne Ogêda disse...

Eu bem que tento amiga... lindo post! Taí, simples,singelo e que toca fundo. bjos,

Carolina disse...

As pessoas quando leem a primeira vez devem pensar em coisas grandiosas, mas a real é que até as atitudes mais triviais e prazerosas do dia a dia são ofuscada e passam batidas pela nosso desejo de algo mais impactante. Daí geram-se as insatisfações e frustrações. O lance é perceber nos pequenos detalhes o que realmente vale no nosso dia a dia.

bjos meus

Pablo Lima disse...

DANÇAR, ler algo do camus(guimarães rosa tmb serve) e batucar(tocar violão idem).