quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

A qualidade de um guerreiro

Alguém aí assisitiu Avatar? Porque este post é sobre o vilão do filme...

O coronel Miles Quaritch - interpretado de modo impressionante pelo ator Stephen Lang - é o chefe de segurança da colônia humana em Pandora. Ele é muito mau!... Mas sua lógica e coerência internas são tão fortes que eu não consegui odiá-lo. Pelo contrário, passei a admirá-lo. Principalmente após assistir pela segunda vez o filme, acompanhando uma amiga que não tinha visto.

O lado ruim do coronel Quaritch é que ele adora fazer guerra. As ordens de seu superior são apenas um pretexto para ele pôr em prática seus dotes belicistas - vale dizer que o mundo está cheio de gente assim, dentro e fora das forças armadas.

O lado bom do coronel Quaritch é que ele não desiste nunca. Vai até o fim... Seja onde for.

A atmosfera de Pandora é irrespirável pelos humanos. É preciso uma máscara de oxigênio. Mas quando uma rebelde foge da base a bordo de um helicóptero, ele não pensa duas vezes: arromba a porta que o separa do mundo natural e vai atrás de cara limpa, sem máscara e atira, atira, atira... Quando as balas acabam, ele tira outra pistola do bolso e atira mais. Quase morre sufocado, mas faz tudo.

No fim do filme (não vou contar, fiquem tranquilos), quando ele está todo machucado, estropiado, à beira de ser derrotado, o mocinho diz:

- Acabou, Quaritch. Você não está vendo?

Mas ele se levanta e diz entre dentes:

- Nada acabou enquanto eu estiver respirando!...

Sensacional!

O coronel Quaritch pode ser um FDP... Mas ele tem a qualidade de um guerreiro. Caiu? Respira fundo e levanta! Só não pode desistir. Nunca!


14 comentários:

Alicinha disse...

Nossa, adorei teu comentário! Muito obrigado por passar no meu cantinho e valeu pela dica, eu acho que você tá certa, chega de submeter meu cabelinho a essas químicas e depois ter q usar mais química pra recuperar o estrago!
bjs

Gerana Damulakis disse...

Ainda não fui, nem sei se irei. Fico pescando do que se comenta sobre ele.

Valéria Martins disse...

Querida Gerana, se vc não gosta de ficção-científica, não vá. Alguns amigos que nunca gostaram foram e não gostaram.

Beijos!

Daniel Hiver disse...

Eu estou pensando em assistir esse filme em 3C. Será que é bom? Sempre tive vontade de colucar um daqueles óculos e experimentar a sensação.
Quanto ao gênero, não é o meu favorito. Mas eu assisti a trilogia Matrix e gostei. Será que vou gostar desse tão comewntado e elogiado Avatar?

... disse...

Eu não fui assistir p/q não gosto de comer pipoca sozinho...Último filme foi "Onde os fracos não têm vez" Com Javier Bardem vencedor do Oscar na ocasião.
Voltando
Dizem que o Avatar é uma obra magistral. Os efeitos especiais são impactantes e à crítica assina.Eu pretendo assistir.
Pois é...
Desistir jamais...ainda mais quando se encontra um coração assertivo...
Boa tarde!

Heloísa disse...

Valéria,
Não sei, não.
Até acho que a gente deve ser persistente e guerreira. Não se pode, nem se deve, desistir dos objetivos com as dificuldades.
Mas também acho que há ocasiões em que se deve reconhecer que é preciso desistir, principalmente quando se está lutando por algo que não merece a luta.
Beijo.

Babi Mello disse...

Valéria

Eu vi Avatar e concordo com vc, ele não desiste nunca, mesmo porque é movido pelos seus ideais, e qdo se acredita em algo vai até o fim, sem saber as consequências de onde pode chegar, ele é forte e não se deixa abater nunca. É impressionante, mas pessoas como ele deveriam usar toda a sua energia para o bem, assim teriamos um mundo com certeza bem melhor de se viver.
bj!

Mônica disse...

Eu não saia do cinema, agora ando preguiçosa. Vou ver se meus sobrinhos ainda não foram para ir com eles
E que lição!
Ainda bem porque são estes filmes violentos que os jovens adolescentes assistem.
com carinho Monica

Raquel disse...

Oi!!!!
Adoro seus comentários, um dos meus defeitos é que falta essa garra de um guerrreiro,mas ainda estou enchergando meu defeito..Espero que eu consiga reagir contra essa falta de atitude.
Beijos

Andréa Lion disse...

poxa, valeria, daí a falar bem do hitler éum pulo!! rsrsrs
um guerreiro? talvez... mas guerreiro mesmo tem que ter humildade. como os samurais e tal..
coragem pro bem...enfim... eu preciso ver essefilme novamente...
muita informação.... beijos e bom fim de semana!

Cadinho RoCo disse...

Na vida não dá pra simplesmente se entregar ao que parece ser o que de fato não é. Estar ruim não é estar morto e por isso...
Cadinho RoCo

Valéria Martins disse...

Mas, péra aí... Comparar o Coronel Quaritch com Hitler também é pegar pesado! Vamos com calma... Isso é ficção!

Beijos

Denise do Egito disse...

Valéria, eu fiquei impressionada com esse personagem. Disse no meu blog que ele é uma espécie de "duro de matar", do filme do Bruce Willis, lembra?
Um beijo e bom fim de semana

catharina disse...

oi, valéria! dei uma passadinha aqui só para dizer que fiquei feliz em te ver no sábado, mesmo sendo tão rapidinho e a gente nem tenha consigo conversar direito. (mas aproveito para dizer que adorei, avatar, hehe.) bom, quem sabe não nos encontramos mais nesse carnaval? leve seus filhotes para pular fantasiados! beijos!