sexta-feira, 24 de julho de 2009

Passa vontade não

Fiz uma viagem na época da faculdade para o Santuário do Caraça, em Minas Gerais. Sem que eu soubesse, o lugar abrigava um encontro nacional de flautistas e acabei me juntando a eles. Um dos rapazes tinha um bordão que eu nunca mais esqueci: “Passa vontade não”.

Isso valia para tudo: desde quebrar a hesitação antes de um mergulho no lago gelado até mais uma colherada de doce na hora da sobremesa, ou mais um gole de licor de jabuticaba quando estávamos todos à beira de um porre.

Na quarta-feira à noite, fui assistir ao show da colega de blog Mônica Montone, que assina o Fina Flor. Era o lançamento do primeiro CD, feito em parceria com o poeta e namorado Claufe Rodrigues. No palco, Mônica aparece com o vestido de noiva que foi da mãe aberto nas costas, dança, rebola, joga os cabelos, faz caras e bocas. Uma entrega e desinibição tão grandes que contagiou a todos: os garçons atrás do balcão do bar riam e dançavam na maior farra.

Fiquei pensando: quanta gente tem vontade de fazer as coisas que ama, mas não se aventura por medo da não aceitação? Eu mesma já deixei de fazer muita coisa, mas venho sempre lutando contra esse baixo-astral que emperra a realização dos sonhos e projetos.

Nessa hora, voltou à minha mente a frase: “Passa vontade não”. É isso: tem vontade de cantar? Cante. Tem vontade de dançar? Dance. Tem vontade de escrever? Escreva. E ame, fale, pinte, corra, interprete, borde, se exponha. O importante é dar à luz o seu talento.

Pra que esperar? Passa vontade não!


12 comentários:

Halime disse...

O que eu mais quero é não só não deixar a vontade passar, como colocá-la em prática... Claufe lançou um livro aqui e Mônica fez a leitura. Foi ótimo!! beijão

Babi Mello disse...

Valéria essa m... de medo é complicado, eita sentimento que atrapalha a gente de tanto, e o pior que atrapalha nas várias áreas de nossa vida.
bj e bom findi.

Lisa Nunes disse...

Valéria
Belo post pra começar o fim de semana. Que ótima frase essa do seu amigo pra refletirmos!

Adorei isso que você disse lá no final:
'tem vontade de cantar? Cante. Tem vontade de dançar? Dance. Tem vontade de escrever? Escreva. E ame, fale, pinte, corra, interprete, borde, se exponha. O importante é dar à luz o seu talento.'
Muito bom!

Um bom fim de semana pra você querida, fazendo tudo o que tens vontade.. Passa vontade não!!!

Heloísa disse...

Valéria,
Eu já sou mais inibida, e sempre acho que posso fazer aquilo que não vai entrar na esfera do outro.
Asim, no caso de comer mais uma colher de doce, tudo bem. Passa vontade não.
Mas fazer coisas que possam incomodar, ou me tornar ridícula, daí não.
Beijo.

Carolina disse...

O medo, o receio, o pesar os prós e contras nos traz a inércia não só do corpo, mas da mente tbém.

bjos e bom final de semana!

. fina flor . disse...

querida, obrigada presença no show!!!

que bom que ele inspirou um post tão bonito!!!

também adoreeeeeeei ver os garçons pulando na música Sartre de Banda.

sim, eu sou assim: caras, bocas, rebolado, entrega... como acabo de dizer no meu post [passe lá!] "sou uma garota rock and roll", rsrsrs*

passe vontade, não!!!!!

beijocas e até a próxima,

MM.

Adriana Calábria disse...

Essa frase sintetiza tudo que eu matutei no dia de hoje.
Perdi uma pessoa próxima. Passei o dia as voltas com velório, choros, emfim...
E o que eu lembrava o tempo inteiro é do quanto essa pessoa "passou vontade"...
Vou escrever sobre isso no blog nesses dias.

Bjsss e bom findi.

Andrea disse...

Valeria ,as vezes como é dificil não passar vontade ..
ótimo fim de semana pra vc
beijão

Rafhaael Velasq... disse...

vencer a timidez... coisa para poucos, viu?
beijos.

Ana Carolina disse...

Eu venci essa barreira e tenho a satisfação de estar fazendo minhas tão sonhadas aulas de teatro...e de me revelar atriz de potencial talento! Viva!

Eu assisti há umas 2 semanas os 120 dias de sodoma com os Satyros.Confesso que fiquei meio cabreira de ver as outras peças...enfim.

beijão!!

figbatera disse...

Hum! Quem dera fosse mais fácil não deixar de fazer muito do que se quer; a nossa vida é um constante "deixar passar a vontade"...
Infelizmente!

Mônica disse...

Passa vontade não. Eu adorei este jeitinho de falar.
Eu tenho muitos medos, mas nunca passei vontade não. Sempre fiz o que quiz, papai nunca foi severo, mamae era mais. Mas também o papai a equilibrava.
Hoje tenho algumnas vontades, mas não passo vontade porque sei que não é o momento adequado. A hora certa vai acontecer.
Adorei este modo de falar.
Com carinho Monica