domingo, 12 de julho de 2009

Nosso rei

Não sou fã do Roberto Carlos, não compro os Cds dele e nem costumo assistir ao tradicional show de fim de ano na Globo. Mas ontem à noite eu estava em casa e resolvi ligar a TV para dar uma olhada no espetáculo que mobilizou o Rio de Janeiro neste sábado, no Maracanã. Não consegui desligar mais. Que coisa linda!...

Roberto Carlos é o rei porque aos 68 anos ainda mantém o charme e o carisma que encanta multidões. Ao conversar com a platéia, ele seduz todo mundo talvez porque seja sincero. E o set de músicas românticas, tenho certeza, fez todo mundo que tem namorado aconchegar a cabeça no ombro do outro, e tornou urgente para quem não tem, encontrar uma cara-metade já. Urgentíssimo!

Foram quase duas horas escutando a trilha sonora das nossas vidas. Algumas canções a gente ouvia quando era criança; outras, na adolescência, outras faz pouco tempo... E cada uma evocava lembranças de momentos em que choramos ou sorrimos, em que fomos felizes ou tristes, não importa.

O importante é que emoções eu vivi!...

Respondam a enquete ao lado e... Viva o Robertão!!!

19 comentários:

Carolina disse...

Não curto Roberto e tbém não compro os cd's dele, mas as músicas dele com outros cantores adoro, mas ontem tbém não consegui desviar os olhos da tela. Me aconcheguei pra ler um livro no sofazão com 10graus lá fora e não resisti. Cantei, recordei e me emocionei ouvindo o cara que tem todo o direito de ser chamado de Rei. Valeu a experiência.
bjos e boa semana

Babi Mello disse...

Ai Valéria cresci ouvindo as músicas do rei Roberto Carlos, afinal minha mãe é muito fã do cara, tive até que gravar o show para ela assistir porque ela saiu.

E como escutei a minha vida toda não tem como não gostar, apesar de ultimamente ele cantar sempre as mesmas músicas e não traz nada de novo para o repertório, mas tudo bem afinal o cara é o rei não é mesmo, ele pode.
Bj!

Claudia Pimenta disse...

oi valéria! ah, o rei faz parte da minha infância... adorava aquelas tardes de domingo! o show foi realmente emocionante! bjs, querida, e ótima semana!

Halime disse...

RC tem seus momentos, algumas músicas que tocam. Dizem que suas letras são melhores cantadas por outros. Mas, com certeza, ele tem algo que arrasta multidões e nunca foi esquecido no Brasil. Não vi o show, mas fiquei com mta pena da chuva que caiu!! bjs

Anônimo disse...

valéria, mesma situação, mas acho que tem a ver com o rótulo brega que colamos nele, de pequena eu curti muito a fase rocker, e as músicas românticas são imbatíveis,essa é a parte que fica em minha peneira, e por conta do próximo sarau que estou organizando, que será sobre o próprio, vi entrevistas e o senti simples e sincero,e isso sim, é especial, beijo, Eliane Ratier

laís D'Andréa disse...

Querida, respondi seu comentário lá no blog! Grande beijo.

Rafael Velasquez disse...

gosto do começo de carreira dele.

beijos.

estou voltando, devagar, mas estou voltando. rs

Andréa disse...

"Foram quase duas horas escutando a trilha sonora das nossas vidas." exatamente isso, não precisa gostar, faz parte das nossas vidas, do nosso imaginário, enfim.... confesso que chorei!!!
rsrs
bj

mar e ilha disse...

Valéria,
foi bem bacana ver o RC e principalmente a multidão cantando com ele. Pena que a chuva atrapalhou. Mas como disse uma grande amiga, foram lágrimas de emoção de 50 anos de carreira. E o melhor foi ver a Mônica tão feliz.
Beijos e boa semana

Andrea disse...

Valéria foi muito legal o show ,o que assistimso lá .rs
Adoramos os momentos que passamos com vc .. Quando vier a BH nos procure ,depois mando as fotos pra vc
ótima semana

Gabriela Gonçalves disse...

Eu sou exatamente como você, nunca comprei um CD do Rei, mas de tanto escutar o Rei esses últimos dias me apaixonei, foi mais que inesquecível, foi apaixonante.
Bjus

RENATA RICARTE disse...

Olá Valéria, eu cresci ouvindo as músicas do Rei. Minha mãe é fã de carteirinha. Apesar de nunca ter comprado nenhum CD do Rei. Eu curto as músicas. Porque mesmo com toda tecnologia e avanços o romantismo continua em alta.
Quanto ao seu comentário no meu post. Concordo com você. E preciso paciência, amor e determinação. Mas, todas aquela dicas eu coloquei em prática no meu atual relacionamento e depois de dois casamentos falidos. Tenho um relacionamento de 5 anos que é o melhor de minha vida. Tenho certeza que aquela dicas dão super certo.
Beijos adoro ler seus post.

Mônica disse...

Valéria
Eu adorei ver o show, a chuva atrapalhou porque não ficamos até o fim. Mas ainda deu tempo de ver quando chegamos em casa.
E o que vimos antes de começar foi de arrepiar! Eu fiquei encantada, com tanta gente persistente que ficou até o final.

MAS O QUE ME ENCANTOU FOI QUE AS MINHAS IRMÃS SEMPRE CONSEGUEM ME DEIXAR MUITO FELIZ!
E ME LEVAR ATÉ VOCE FOI ADORÁVEL!
EU JÁ FUI EM DIVERSOS LUGARES DO RIO COM MINHAS IRMÃS. E TODOS OS PASSEIOS QUE FIZEMOS JUNTAS EU GUARDO COM CARINHO

MAS FOI DIFERENTE! CONHECE-LA É SABER QUE TENHO MAIS UMA AMIGA.
E VOU RETRIBUIR TORCENDO PARA QUE VOCE E SEUS FILHOS TENHAM CONSTANTEMENTE ALEGRIAS E QUE OS DESAFIOS DA VIDA SEJAM SOLUCIONADOS COM FACILIDADE

NÃO DEMORE ! VANHAM A BELO HORIZONTE
MAMAE ANDREA E EU ESTAMOS AGUARDANDO

COM CARINHO MONICA

Heloísa disse...

Valéria,
Contrariando a turma da minha geração, não sou fã de carteirinha do Roberto Carlos. Mas reconheço todo seu valor como guardião da música romântica. Vi o show e gostei muito. Embora ele tenha muitas músicas parecidas umas com as outras, tem algumas muito marcantes, caso de Emoções.
E temos que concordar que precisamos de artistas assim, mantendo-se tanto tempo num lugar difícil de ser preenchido.
Beijos.

entremares disse...

Podia ser Roberto Carlos, Michael Jackson, U2 ou Sylvie Vartan, suponho que seria a mesma coisa...

Vamos crescendo com melodias na cabeça, acompanham-nos nos bons e maus momentos, ficam agarradas às nossas memórias. É impossível deitá-las fora.

Anos depois, quando voltamos a ouvir as músicas, lembramo-nos do que vivemos naquela altura, do que estávamos a fazer... e tudo isso conta, seja lá qual for o cantor, não é?

Uma óptima semana para você...

figbatera disse...

Oi Valéria,
lamento não poder estar presente no dia 16 para o evento que vc produziu.
A seu pedido, publiquei o release lá no meu bloguinho.
Um grande abraço!
Estou certo de que será um sucesso.

Claudia disse...

Roberto Carlos é a tradução do sucesso.Depois de tantos anos, ainda emociona as pessoas com a sua música e fica emocionado com o retorno dos fãs.
Segundo uma reportagem que saiu hoje no jornal, ele ficou em dúvida se teria público suficiente para encher o Maracanã!

Adorei a foto do Guimaraes Rosa com os gatos e muito também, da poesia.

Respondi a enquete.

abraços

Lisa Nunes disse...

Valéria querida
eu também nunca fui de parar pra assistir ao show do R.Carlos, mas neste ultimo show de sábado, não consegui desgrudar os olhos da TV. Tinha algo mais, não sei bem o quê era,mas ele me prendeu. Aquela cena dele com Erasmo Carlos foi emocionante, me tocou muito a amizade deles, é uma coisa pura e verdadeira, essas coisas tocam a gente. Tá lindo teu Blog. Um grande abraço e uma linda semana pra você

Arnaldo disse...

Gostando ou não, já não é possível desprezar o Roberto Carlos. Nunca fui de comprar discos dele, mas ele esteve presente na nossa vida, a vida toda. No fim, mesmo sem ser grande fã, a gente se pega cantarolando suas músicas, querendo ou não.