terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Querido Elton

Eu devia ter uns 7 anos quando assisti num domingo à noite, no Fantástico, a um homem todo vestido de branco, sentado em frente a um piano, com tufos de plumas brancas saindo dos ombros, óculos enormes em forma de estrela, aros de brilhantes, cantando uma versão psicodélica de Lucy in the Sky with Diamonds, dos Beatles. Adoreeei! Eu ainda não sabia quem ele era, mas naquele momento, Elton John ganhou uma fã.

Por isso, na segunda-feira, fui à Praça da Apoteose ver meu ídolo. Ele entrou vestindo fraque preto com um bonequinho a bordo de um foguete bordado nas costas. Afinal, a turnê chama-se Rocket Man Tour. É uma comemoração aos seus 60 anos, completos no dia 25 de março de 2007. Esse ano, ele faz 62!

Sir Elton John começou cantando meia dúzia de lindas novas canções. Ao fim da primeira, subiu na banqueta, pôs um pé em cima do piano e saudou o público com as mãozinhas pra cima. Ao descer de sua posição, deu um salto com as pernas para o alto - sua marca registrada - e caiu sentado em frente ao piano. A Apoteose urrou!...

Num show de três horas ininterruptas, duas horas foram só de sucessos. Goodbye in the yellow brick road, depois Daniel e Rocket Man, com longa improvisação ao piano. Cada música evocava em mim o amor e a gratidão a esse homem que nos deixou tantas canções maravilhoas, que tocam todos os dias nas rádios do mundo inteiro, até hoje! E que continuarão sendo tocadas para os nossos filhos e netos!

No fim, não pude conter as lágrimas durante o bis com Skyline Pidgeon e “uma música de amor, que dedico a todos vocês e ao presidente dos Estados Unidos, Mr. Barack Obama”: Your song.

Cantei, me esgoelei, bati palmas, urrei, ovacionei meu querido Elton, que me acompanha desde criança. E, internamente, agradeci: “Obrigada, obrigada, obrigada!!!”

Abaixo, o querido aos 23 anos, em 1970, cantando Your song - que foi gravada por meio mundo, mas é composição dele - em um parque em Londres.

11 comentários:

Denise do Egito disse...

Ah, meu Deus, pra que que eu fui ler esse post??? Agora tô arrependida de não ter ido com vc. Mas com as despesas imensas que estou tendo agora e a vigem próxima, tive de priorizar...
Beijos

Gabriela Gonçalves disse...

Primeira vez aqui e achei sensacional... fui lendo, lendo... ufa! Eu também fiquei pensando sobre o Jayme dirigir a Maysa, deve ter doido, ter sido duro.
Vou te linkar!
volto sempre!
bjoca

Claudia Pimenta disse...

oi valéria! apesar do elton john fazer parte da minha infância musical, acabei não indo ver o show... que bom que vc gostou tanto! bjs!!!

Babi Mello disse...

Elton John deve ser um maior barato o show dele. Para ser sincera não conheço muito suas canções, mas como você escreveu no post eu devo até conhecer afinal de contas, meio mundo gravou suas canções!
Bj

Rafael Velasquez disse...

foi bom o show? rs

Rafael Velasquez disse...

fico muito feliz por você.

Marisa Pimenta disse...

Adoro o Elton John, sou da geração dele, mas só vi pela tv o show de S. Paulo e, infelizmente a globo não pasou o bis, onde ele cantou as duas músicas q mais gosto. Porém comecei a escutá-las em um disco 78 rotações em 1972!!!!! Como pode ver sou pioneira como fã.Estou esperando vc me linkar no seu lindo blog. Bjks

Monica Loureiro disse...

Menina....
Sou apaixonada por ele e pela música YOUR SONG....

QUE COISA LINDA !

Pâmela disse...

Ótimo, ótimo, ótimo!
Meu pai AMA Elton também.
Quase o matei por não ter ido. Avisei da venda de ingressos anos-luz antes.
Mas tudo bem, ele viu da tv mesmo e também entrou em êxtase!
Beijo!

Ana Carolina disse...

Que bom que decidiu ir ao show!!! Foi uma noite muito feliz então. Beijocas!

Vanderhugo disse...

Quando era criança, ou melhor, quando eu era pequeno (porque criança eu ontinuo sendo), gostava muito de uma música dele chamada "I guess that's why they call it the blues", que tbm fala de amor. Só depois fui descobrir o quanto é bom ouvi-lo... Your song faz parte da trilha do filme "Moulin Rouge" e, foi uma sensação quando ouvi... belo post!
Bjs