quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

Insight

Insights são revelações que nos chegam de repente e nos surpreendem com sua Luz e clareza. São verdades que sabemos e sentimos com a alma e o coração.

Nesse fim de semana, refletindo sobre relacionamentos, tive interessante insight. Estou tendo a honra de presenciar o verdadeiro Encontro de um casal; um amor nascendo com tanta energia boa e de transformação que promove mudanças positivas na vida dos dois e dos que os cercam. É uma grande amiga que estava há anos pulando de um relacionamento para outro, sem sossego. Agora, eles se encontraram. E vêm mudanças por aí.

A alegria desse encontro me faz refletir sobre os meus relacionamentos. Os namoros que duraram muito e os que duraram pouco. O casamento que durou 12 anos e acabou há 3 (foi um grande Encontro!). Os dois relacionamentos importantes que tive desde então e as brincadeiras entre eles.

Cheguei à seguinte conclusão, ou melhor, ela chegou pra mim: os namoros que “não dão certo”, que começam e involuem, se baseiam em aspectos do passado de cada um. É uma união pelo passado. Já os Encontros acontecem pelo potencial de futuro comum que encerram. É uma união pelas coisas boas e novas que estão prontas para acontecer, e o Amor é a fagulha divina que diz: “Faça-se a Luz!”

Como se preparar para esse evento memorável na vida da gente? Não encontro outra resposta senão esta: zerar o passado. Largar tudo para trás, guardando apenas o aprendizado que dele restou - isso é o ouro.




9 comentários:

Anônimo disse...

Querida Valéria, estou emocionada!

Mais do que isso, eu diria que, com muita compaixão, é preciso que a gente se permita amar e ser feliz.

Beijos,
C.

Babi Mello disse...

Isso é verdade Valéria e preciso zerar o passado e se permitir se feliz, e viver intensamente esse novo amor.
Espero viver esse amor que vivo hoje intensamente.
BJ!

Valéria Martins disse...

Adoraria saber quem é C...

Pablo Lima disse...

excelente, caríssima val.
mudou um pouco a minha visão das coisas. obrigado pela experiência.

Denise do Egito disse...

Val, querida
Vou refletir sobre sua "conclusão". Acredito que devemos mesmo soltar o passado. E também não ficar numa relação por ficar também é importante. Vamos em frente...
Beijocas

Denise do Egito disse...

Ah, outra coisa: C. não é dita cuja? Acho que sim...

Babi Mello disse...

Valéria não sabia disso que cada cigarro equivale a um raio x, mas jpa ouvi falar não sei se é verdade que a cada raio x tirado seu DNA vai se modificando, imagina só o que a porcaria do cigarro não faz com as pessoas que são fumantes ativa e mesmo com as passivas.

Pâmela disse...

Ah, não sei se tem a ver com passado.
Acho mais que é porque as duas pessoas não estavam prontas para se relacionarem. E tem almas que realmente não combinam e pronto.
cabe a cada um saber deixar para trás essas almas e seguir em frente.
Um beijo!

jacker disse...

I think I come to the right place, because for a long time do not see such a good thing the!
jordan shoes