terça-feira, 9 de dezembro de 2008

"Amor" de mãe

Amiga querida vai casar a filha em maio do ano que vem, mas está apreensiva: a futura sogra da jovem (ou seja, a mãe do noivo) mudou-se de Maceió para Brasília, onde estão morando, para "estar mais perto" do filho. Cruzes!...

A notícia surgiu meio de brincadeia, em reunião de fim de ano, mas logo estávamos todos com o cenho franzido. "É o primeiro desafio que sua filha vai enfrentar", disse um. "Ela ainda tem tempo de se arrepender", disse outro. "Esse cara não sabe dar limite à própria mãe?", disse um terceiro.

O fato é que minha pobre amiga está preocupada e fiquei pensando em como amor de mãe - e de pai também, claro - pode ser negativo em certas situações. Já perceberam que, mesmo numa família com muitos filhos, o "queridinho" ou "favorito" dos pais revela-se com o tempo o mais problemático?

Concluímos que, de fato, é tarefa do rapaz dizer à mamãe que o lugar dela é em Maceió, tomando conta de sua própria vida, e deixando o novo casal se amar em paz. Mas será que ele tem coragem e firmeza suficiente para isso? Tomara...

Uma sogra deve morar em lugar não tão longe que lhe permita chegar de malas, nem tão perto que possa chegar de chinelos...




11 comentários:

kekel^^ disse...

kkkkk!!
muitoo boa essa^^
bjs

ana - hoje vou assim off disse...

Po, mas que coroa burra!! Sair de Maceió pra morar em Brasília?????? Essa mulher não bate bem!!!
ahahahahah!

Eu acho que o casal tem q se impor. Esse negócio de sogra se meter é um saco, mas os dois vão precisar aprender a impor limites - se for o caso também, né!

Adoro minha sogra, mas quando ela passou 1 semana aqui em casa tomou muitos foras...hehe!

Beijos!

Pablo Lima disse...

haha, excelente!

sogra por perto?? já vi este filme (:

bjocas!

Pâmela disse...

É, acho que essa filha d sua amiga está com problemas, não?
Achomesmo que o excesso de amor dos pais só complica a vida dos filhos. E o moço aí devia dar limites à mãe se não quer uma guerra dentro de casa...
Aiaiai, essas mães que não vivem longe dos filhos...
Complicado!
Beijos!

Babi Mello disse...

Olá Valéria vi o seu post e resolvi comentar, sogra é algo complicado, feliz daquela (e) que tem uma que seja maravilhosa... Eu tenho.

E com o tempo acho que ela vai pedir para o marido se impor... não vai ter remédio sabe.

Já ouvi histórias sobre sogras assim...

Calabresa disse...

Caramba... Essa menina tá meio enrolada!
Eu sou meio as avessas (hehehe) não tive sorte com maridos. Mas as sogras foram maravilhosas!!!

Anônimo disse...

Nossa, texto ótimo!!
Eu tinha uma sogra pior que essa. Essa pelo menos deixa o filho ficar com quem quer! A minha ex sogra destrói relacionamentos de filhos. Triste fim! :( O pior é perceber que ainda existe paixão, mas para não causar transtornos com a mãe, o cara foge de vc! Não sei o que é pior, uma sogra controladora ou um filho que se deixa controlar!
beijão

Monica Loureiro disse...

Menina, quem sou eu para julgar...Sou mãe de filho único ( que ainda tem 13 anos ) e não sei o que será de nossas vidas mais tarde....
Mas a terapia neste caso é essencial, não é mesmo ?

Denise do Egito disse...

Sabia que eu sempre brinco dizendo que vou ser uma sogra cricri? Hehehe. Mas só na hora mesmo para saber como agirei com minha norinha... E se ela sacanear meu filho? Sei não... rsrsrs
Beijos

meus instantes e momentos disse...

muito bom. Gostei daqui.
Maurizio

Hazel disse...

Que pesadelo, meu Deuzzzzz....!!