quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Bastidores da Academia Brasileira de Letras - As bibliotecas

Queridos amigos, eu os convido a saber mais sobre as duas bibliotecas maravilhosas que existem na ABL, abertas ao público gratuitamente. Leiam na capa do site Shahid:


Não costumo fazer isso, mas gostei tanto da visita que fiz à ABL, conduzida generosamente pelo acadêmico Murilo Melo Filho, que resolvi compartilhar com vocês também, além do público que lê toda semana a capa do site.

5 comentários:

Ana Cristina Melo disse...

Oi!

Frequento a Rodolfo Garcia desde 2005, época do seu lançamento. O ambiente é confortável, limpo e acolhedor. E as funcionárias são de uma simpatia ímpar. Isso para não citar o acervo, muito bem cuidado.

Na hora do meu almoço, fico lá entre 40min e 1h, para trabalhar nos meus textos. O Caixa de Desejos e a maioria dos meus contos nasceram lá.

Vale a pena conhecer e frequentar.

Beijocas

Mônica disse...

Valéria
Vou pedir a Marilia pra me levar lá quando eu for assim que ela tiver mudado
com carinho MOnica

Valéria Martins disse...

Querida Ana, você é uma felizarda de conhecer a Rodolfo Garcia há tanto tempo, desde o início. Lá é um lugar propício a escrever, criar, sim. Muito inspirador!

Beijos, obrigada pelo comentário!

Mônica disse...

Valéria
Já chegamos de Foz do Iguaçu.
Depois te mando um email contando o aperto que passamos por aqui estes dias
com carinho sua amiga Monica

Fernandes disse...

Conheço Academia desde exposição de Afonso Arinos e de lá p/cá é visível os esforços p/"socializar".
O acervo é impecável , discursos , documentos , fotografias obras de Bruno Giorgi e outros...
vale conferir...

Obrigado por compartilhar ,Valéria Martins.