quarta-feira, 10 de março de 2010

Madri

Sempre penso em Madri me lembro da primeira sequência do filme Carne trêmula, do Almodóvar, em que uma jovem prostituta começa a ter as dores do parto e a cafetina a leva ao hospital de ônibus. É o transporte público e as ruas estão desertas porque há toque de recolher - é a época da ditadura de Franco. Após muito rodarem sem encontrar hospital, a criança acaba nascendo no ônibus. É um menino e lhe é dado nome na hora, Victor. A cafetina, então, enrola o bebê em um lenço, levanta-o nos braços e mostra a ele a cidade adormecida, dizendo:

- Mira, Victor: Madrid!

E agora sou eu quem mira Madrid de todos os lados, principalmente camiñando por las calles repletas de gente. A cidade nunca dorme. Com chuva ou sol, calor ou frio, seja segunda ou sábado ou domingo, sempre ha gente andando para lá e para cá, velhos e novos, adultos e criancas, todo mundo na rua! Os bares lotados, o chão sujo (todo mundo joga tudo no chão, não nas ruas, mas nos bares sim). E fumam o tempo inteiro, em lugares fechados ou abertos. Ou seja, Madri me lembrou a Lapa em termos de animação!

Às duas da tarde, todo o comércio fecha. Inclusive os bancos e farmácias (menos El corte Inglés - gigantesca loja de departamentos presente em toda Espanha), para reabrir as cinco, e vao ate as oito. Minha amiga brasileira que vive aqui diz:

- E depois reclamam da crise. Não gostam de trabalhar!

Falo sobre isso com um espanhol e ele:

- Não se trata disso. Trabalhamos com metas e utilizamos o tempo de forma justa e assertiva. Não adianta passar o dia inteiro na frente do telefone ou do computador sem fazer nada.

Pode ser. Mas vale lembrar a frase de outro espanhol genial, Pablo Picasso, impressa em xícaras e lápis à venda na lojinha à saída do Museo Reina Sofia - onde esta o seu quadro mais famoso, Guernica:

"A inspiracão existe, mas você tem que estar trabalhando".

Abaixo, estátua de Goya em frente ao Museu do Prado.



Escultura de Miró no jadim interno do Reina Sofia.



Folheto de exposição de Miró assinado pelos amigos que foram dar uma força: Picasso, Paul Éluard, Blaise Cendars, Max Ernst...



Parque Retiro


Detalhe de quadro de Salvador Dali no Reina Sofia.


7 comentários:

Heloísa disse...

Valéria,
Que maravilha!
Eu não sabia que você iria aproveitar sua viagem para dar uma esticada por outros lugares.
Os museus de Madri são maravilhosos, não?
Beijos e aproveite bastante.

Gerana disse...

Mesmo olhando as fotos tão belas a saudade não bate. Acho que a gente mora no lugar, esgota.
Linda a sua foto.

Babi Mello disse...

Valéria, ta tdo essa viagem. Que lindo!!!!!!!
Tudo de bom... adorei as fotos que você tirou... Um dia quem sabe... Espanha, Portugal lá vou eu.
bj!

Valéria Martins disse...

Pois e, aproveitei para dar um role... Nao conhecia Portugal e, da Espanha, somente Barcelona e Arcos de La Frontera. Nunca havia ido a Madri e A-do-rei!

Ah! Ainda peguei um aviaozinho muito barato, tipo um onibus aereo, e fui a Alicante, na costa sudeste da Espanha, visitar grande amiga brasileira que mora la ha 20 anos. Uma linda cidade a beira do Mediterraneo.

Agora, cheguei em Londres, cidade que eu amo. Vou ficar quatro dias e no domingo volto ao Rio de Janeiro. Se Deus quiser!

Beijos em todos, obrigada pelos comentarios carinhosos.

Neide disse...

Val,

Madri, Almodóvar, Miró...tudo de bom!!!
A "siesta" é um traço cultural, mas acredito eu, que não interfere muito na economia do País até porque eles ficam trabalhando até tarde depois.

Anos atrás, um amigo ganhou como prêmio pelo bom desempenho no cargo de Gte de uma concessionária Mercedez, uma viagem à Europa. No retorno, quando ele comentou que visitaram Madri, eu perguntei o que ele havia achado da cidade, ele respondeu prontamente:é um Paraguay melhorado, todo mundo dorme depois do almoço!!! Nunca vou me esquecer disto....

Ainda bem, minha amiga, que vc tem olhos para outras particularidades desta cidade que deve ser explêndida, com seus museus, sua história, sua cultura e seu povo... Aproveite e nos conte mais..mais..

Bjuuuuuuuuuuu

Mônica disse...

Valéria
Eu estou adorando te ver viajando.
Madri tem encantos que nos leva a sonhar em conhecer Espanha
Divirta se
Com carinho Monica

Carolina disse...

Tbém estranho esta "pausa no tempo" deles... certa ou errada.

bjos meus