domingo, 8 de agosto de 2010

William e Isabel






Existem momentos na vida que são de coroação. Não a coroação de nós mesmo, mas de uma situação, um estado de coisas. São momentos em que a gente sabe que, depois de trabalhar e trabalhar, chegou lá. É meio que um milagre, porque vamos tateando às cegas no caminho, tantas são as bifurcações e escolhas que temos que fazer. Mas, de repente, a coisa chega.

Foi assim na sexta-feira, dia 6 de agosto, quando esperava no palco, escondida atrás das cortinas da Casa de Cultura de Paraty, junto com William Gordon e Isabel Allende, combinando em que ordem iríamos nos sentar, quem ia começar, quem ia falar o que. Após passar duas noites sem dormir, eu estava estranhamente calma.

Era segredo que Isabel também ia participar. Eu já sabia, mas não podia contar, sob pena de os fãs dela invadirem a Casa de Cultura. E o foco da mesa era o William. Deu tudo certo. Fiz uma breve introdução e algumas perguntas pré-preparadas, e o casal respondeu fazendo mil brincadeiras, tipo:

Isabel - "Eu escrevo 14 horas por dia e ele 11 minutos. Tudo o que ele faz, só consegue fazer por 11 minutos. Inclusive o amor".

William - "Ela tem sorte, pois a maioria das pessoas faz amor em 6 minutos. 11 minutos é muito tempo".

Logo abri para as perguntas do público e todos perguntaram à vontade, sendo que o foco continuou sendo, o tempo todo, o William e seu livro O anão. No fim, estava todo mundo feliz! As pessoas, na fila de autógrafos, sorriam de orelha a orelha. William, todo satisfeito e Isabel, feliz por ver seu amado feliz.

Passou alguém por mim e escutei: "Essa mesa valeu a FLIP".

E eu senti como se uma enorme coroa dourada e brilhante pairasse sobre a Casa de Cultura de Paraty, como um ovni, coroando aquele momento. Pode parecer conversa de maluco, mas não é não: a felicidade reinou e fomos todos coroados. Amén!

19 comentários:

Mônica disse...

Valéria
Eu abri agora e fiquei tão feliz !
Eu fico maravilhada com o que está lhe acontecendo.
Eu sei o quanto é dificil entrevistar grandes escritores, mas voce tem talento e eu tenho muita alegria por estar sobressaindo.
Voce merece toda a felicidade desta ocroação.
Não aquela coroa de verdade mas a felicidade de ter se saido bem.
Continuo rezando ( porque é só o que sei fazer) e sonho que um dia venha com Leila Ferreira em BH . Assim poderá vim até aqui em casa.
com carinho
sua amiga Monica
Estou orgulhosa de voce

Gerana Damulakis disse...

Que delícia ler sobre essa coroação. Fiquei tão feliz com o sucesso contado aqui com tanta emoção, satisfação e alegria.
Vc é demais!

Mônica disse...

Valéria
Meu primo vai se casar no finados. Aí no Rio em novembro
Se estiver por aí, podemos nos encontrar ou telefonar. Vamos ficar 4 dias no Rio.
com carinho MOnica

Fernandes disse...

Parabéns!

Fico contente, li na Veja o sucesso...
Desejo sempre o suficiente.

Obrigado
Por compartilhar pelo respeito e tempo.

Marcia Naidin disse...

Soube que lotou rapidinho. Uma pena que não consegui estar lá. Deve ter sido mesmo o máximo. Parabéns!

Anônimo disse...

Valéria, você estava lá, maravilhosa, no palco da Casa de Cultura,entrevistando duas pessoas encantadoras. Eu também estava lá, na platéia. Completamente emocionada, desde a véspera,quando conheci e entrevistei Isabel Allende, na Pousada do Ouro.
Eu não vou esquecer!
Mariza Baur

Mônica disse...

Valéria
Hoje vou ver Leila Ferreira. Ela está dando autografo do seu novo livro aqui em BH
com carinho Monica

Ana Maria Santeiro disse...

a risada já deu pra sentir qual foi o clima. parabéns!

beijos
Ana

figbatera disse...

Que legal, Valéria!
O melhor da vida são esses momentos de felicidade. Vc merece!

Maria Muadiê disse...

amém!

Neide disse...

Val querida,

O resultado do seu comprometimento, seu esforço, não poderia ser outro. Este é o ápice de tudo que vc vinha plantando, sua bela colheita. Como disse a Ana Maria Santeiro: este seu sorriso já diz tudo. Parabéns vc merece cada momento de glória....

Um grande bju.sinta-se abraçada.

Valéria Martins disse...

Obrigada, pessoal! Muito obrigada mesmo! É uma alegria compartilhar com vocês essa felicidade. Obrigada por serem meus leitores, pelo apoio e carinho. Beijos e abraços

CHEIRO DE FLOR disse...

Valéria, minha amiga de blog!
mil felicidades e mais momentos felizes como esse!!
xeros pra ti!!!

Monica Loureiro disse...

Fiquei com vontade de chorar, sabia ? Muito feliz mesmo !
Considero a Isabel Allende uma pessoa iluminada, e fico imaginando a sua emoção de estar na presença deles, ainda mais fazendo um super trabalho destes.
Deus te abençoe cada vez mais...

Adrianne Ogêda disse...

Menina, que lindo momento vc viveu! Sentimento bom esse de conquistas espaços de sentido na vida, hein?! Parabéns mesmo! um beijão!

Carolina disse...

Clap - clap - clap ( palmas) pelo sucesso e muito mais pela gratificação da caminhada até aqui.

bjos meus

Dri Andrade disse...

''..Pois viver deveria ser - até o último pensamento e derradeiro olhar - transformar-se.''

Lya Luft
Linda vim te desejar um otimo final de semana bjs

Érico Cordeiro disse...

Cara Valéria,
Sucesso mais que merecido!
Parabéns por essa grande vitória profissional, conquistada à base de muita dedicação, seriedade, competência, entrega e, sobretudo, amor ao que faz!
Que venham outras FLIP's (quem sabe uma hora dessas eu não apareça por aí com meu modesto livrinho? - rs, rs, rs).
Um fraterno abraço - gostaria de ter estado nesse evento maravilhoso e de poder lhe parabenizar pessoalmente!!!!

Flor de Lótus disse...

Olá,Valéria!Passando para conhecer seu blog, nossa a Flip deve ser um sonho só de ir lá imagino trabalhar nesse maravilhoso evento, deve ser indescritível, parabéns pelo seu trabalho.
Um ótimo domingo!
Beijoss