quinta-feira, 15 de abril de 2010

5 anos

Dizem que a vida tem ciclos e que estes têm a duração de um certo número de anos. Só sei que, ultimamente, tenho ouvido falar muito em 5 anos como sendo um ciclo, um período em que o relógio da vida dá uma volta completa. Querem ver?

O Werner, meu querido mestre, um dia chegou para trabalhar em seu primeiro salão, chamado Luzes, em Ipanema e não havia nenhum funcionário. Descobriu que o concorrente tinha prometido uma percentagem maior de ganhos e levado toda a equipe. Perguntei:

- E quanto tempo levou para você se recuperar?

- 5 anos...

A São (de Conceição), que conheci em Cascais, flagrou o segundo marido com outra na rua, deu-lhe uma segunda chance, o sujeito reincidiu e ela o pôs porta fora. Viu-se com mais de 50, os filhos criados, morando sozinha na casa enorme que haviam comprado juntos e que estavam reformando para morar a vida inteira.

- Caí numa depressão profunda; minhas amigas tinham que vir à casa para retirar-me da cama e me levar ao chuveiro, de roupa e tudo.

- E quanto tempo durou isso?

- Uns 5 anos.

(Hoje ela está casada pela terceira vez com um homem que lhe traz café na cama e regressa da rua sempre com um ramalhete nas mãos).

Há mais exemplos, mas vou parar por aqui.

À frente do meu novo negócio, tenho refletido muito sobre esses 5 anos... Paciência, fé e trabalho é a resposta que me vêm.

E vocês, o que pensam dos ciclos da vida? Isso existe mesmo?



13 comentários:

Babi Mello disse...

Nunca tinha parado para pensar nisso Valéria, mas acredito que em cinco anos muita coisa pode acontecer. Vou refletir mais sobre esse ciclo.

Neide disse...

Val querida,

Não sei se os ciclos da vida tem este tempo "5 anos", mas acredito muito nos ciclos da vida.Já ouvimos muita gente dizer: os altos e baixos da vida ou a vida de fulano deu uma reviravolta(que às vezes é pra melhor outras nem tanto)ou minha vida mudou da água pro vinho, ou ainda minha vida ou a de alguém deu um giro de 360º..e por aí vai.Eu mesma já passei por isso, a vida é cíclica mesmo...

Bjussss

Mônica disse...

Será que é assim mesmo?
Eu só sei que de 5 em 5 anos ganhavanmos um quinquenio do governo. Uns miseros centavos mas que nos deixavamos feliz porque aumentava nosso salario.
Mas na vida!
Nem vejo o tempo passar! Quando menos esperava já tenho 51 anos e pareço que cresci repentinamente.
com carinho Monica

Gerana Damulakis disse...

Existe, sim. Não creio que o ciclo cumpra rigorosamente 5 anos, ou 7 anos, ou...
Meu pai sempre disse que a vida é cheia de fases, o importante é saber conviver com elas. Pronto, existem fases. Quanto duram?

Fernandes. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fernandes. disse...

Ciclos fazem parte da nossa evolução,mas desconheço o tempo.
Acredito que ascensão profissional é decorrência de muito trabalho. Dinheiro e sucesso são consequências às vezes da "sorte".Infelizmente o País não privilegia à competência.
Bem,
Não faço parte da estatística dos 5.
Profissionalmente levei 8 anos e no pessoal quando me separei levei 2 horas.
Que patife!(Brincadeirinha).Foi bem difícil.
Todos os ciclos ainda que tenham causado dor e incertezas, foram importantes e superados.Nunca deixei de acreditar nem quando me faltou o chão.Então,devagar também é pressa.

Ps:Desculpa pela rasura.Eu fui clicar na barra de ferramentas,pois abriu duas págs acabei apagando.Mil perdões...

Pablo Lima disse...

acho os ciclos válidos, mas cmg nao acontecem de cinco em cinco.

bjoca. pablito

Ana Cristina Melo disse...

Algo a pensar. Minha vida também teve fases. Olho para trás e vi que já passei por uns ciclos bem complicados. Sempre estamos esperando o fim do túnel, para que a luz nos traga uma esperança. Na dúvida de quando vai acontecer, fazemos isso na virada do ano.

Acho que essa é a fórmula: na hora da dificuldade, saber que o dia de amanhã pode ser melhor, mesmo que esse amanhã possa demorar um pouquinho.

Bjs

Denise do Egito disse...

Valéria,
Não sou ligada a números fechados, me lembra a famosa crise dos sete anos pela qual (dizem que) todo casal passa. Penso que a vida é como uma montanha-russa. Sobe, desce, sobe, desce...
Um beijo
p.S. adorei as fotos da viagem e sua foto do perfil

Carolina disse...

Acredito piamente em ciclos, a minha vida me mostra isto de forma direta.

bjos meus

figbatera disse...

Eu tbm tenho a experiência de viver vários ciclos em minha vida; só não acho que aconteçam, assim, em períodos definidos.
E é preciso coragem e um certo desprendimento pra podermos nos "libertar" do que nos aborrece e atrasa a vida, enfrentando todas as dificuldades para alcançar a paz e a alegria de viver!

Ana Liese disse...

O estudo dos ciclos me interessa há muito tempo.Existe sim, mas varia de pessoa para pessoa. O ciclo de sete anos, chamado "setênio",é bem definido e se aplica a todos, é o que estudo e incluo no meu trabalho com psicoterapia. Você pode encontrar os fundamentos disso na Antroposofia de Rudolf Steiner, ou nos Cursos Biográficos de Bernard Lievegoed. No mais, parabéns pelo blog. Ana Liése.

Ana Liese disse...

O estudo dos ciclos me interessa há muito tempo.Existe sim, mas varia de pessoa para pessoa. O ciclo de sete anos, chamado "setênio",é bem definido e se aplica a todos, é o que estudo e incluo no meu trabalho com psicoterapia. Você pode encontrar os fundamentos disso na Antroposofia de Rudolf Steiner, ou nos Cursos Biográficos de Bernard Lievegoed. No mais, parabéns pelo blog. Ana Liése.