domingo, 13 de novembro de 2011

Peço desculpas

Domingo recente, fui caminhar no calçadão da praia e lembrei, pela décima vez, da necessidade de pedir desculpas a uma pessoa querida que magoei - e já faz tempo, quase dois anos sem nos falar. Refleti: "é fim de ano, boa época para resolver esses assuntos".

O problema é que eu já havia refletido e tomado essa decisão várias vezes ao longo desse tempo, porém, sem partir para a ação.

Termino de caminhar e paro na calçada, esperando o sinal fechar para atravessar a rua. Olho para a esquerda, distraída, e quem está ao meu lado, ombro a ombro? A tal pessoa.

Ziiiiiiimmmm... Pow! É agora.

Toco em seu ombro e ela me olha... Que susto! Trocamos meia dúzia de palavras sem sentido - o tempo, o calor, a bicicleta, o cachorro... O sinal fecha, atravessamos a rua.

Chegamos à outra calçada e ela se prepara para seguir seu rumo, mas eu interrompo:

- Espera!... Quero te dizer uma coisa e estou para fazer isso há muito tempo...

?

- Quero te pedir desculpas por qualquer coisa que eu tenha feito e que tenha te aborrecido.

Olhar desviado, expressão de ironia como quem pensa (com razão) "é fácil pedir desculpas".

Continuo:

- Não apenas pedir desculpas, mas te garantir que não vai acontecer novamente, caso ainda exista uma chance da nossa amizade continuar... (Nessa hora a minha voz tremeu, muita emoção!)

Olhos perscrutando o meu rosto, um misto de surpresa e desconcerto.

- Tá desculpada... - e ainda ganhei um abraço.

Pronto, cada um seguiu o seu caminho com o coração mais leve.

E tem gente que diz que milagres não existem!




8 comentários:

figbatera disse...

Legal, Valéria, bonito gesto!
Poucas pessoas são capazes de reconhecer o erro e ter a humildade de confessá-lo.

Heloísa disse...

Valéria,
Muito bom poder resolver essas questões que nos incomodam, não?
Beijo.

Maggie May disse...

quando é de verdade é assim!

Azamor disse...

Oi Valéria Seu ato de coragem me levou as lágriamas. Mto grata por compartilhar sua atitutde. Um beijo enorme Vania

Talita disse...

Parabéns pela coragem! :)

Monica Loureiro disse...

Achei muito bacana!
Adorei!

Helena Duarte disse...

Ai Valéria, estou passando pela mesma situação, mas não tenho coragem.
Todos os dias penso nisso e o pior é que trabalhamos na mesma empresa.
Parabéns por conseguir, vou pedir a Deus que me ajude a pedir desculpas.
Xeros!!!!

Valéria Martins disse...

Se a pessoa não tivesse aparecido do meu lado de repente, provavelmente teria adiado mais uma vez. Daí o milagre. Beijos em todos!